Diagrama de Ishikawa

em home tagg ishikawa, causa e efeito, espinha de peixe, grandal, causal, diagrama

Considerado como uma das sete ferramentas básicas da qualidade, consiste de um sofisticado gráfico, mas de fácil compreensão, que mapeia a estrutura de um problema e suas causas. Também é conhecido como Diagrama Espinha de Peixe, Diagrama Espinha de Arenque, Diagrama de Causa e Efeito, Diagrama de Grandal, Diagrama Causal ou simplesmente Fishikawa. Nele se vê uma linha vertical representando o problema a ser analizado, inscrito à direita desta linha. Desta linha partem seis grupos de variáveis envolvidas num processo, como saúde, qualidade dos produtos e serviços, eventos, subdividindo-se identadamente entre causas e os porquês destas causas (efeitos) em cada grupo de variáveis. Cada grupo consistindo de uma possível causa primária e causas secundárias que se relacionam formam um grupo de causas com natureza comum. Este tipo de ferramenta permite uma análise participativa por grupos de melhoria ou grupos de análise, utilizando técnicas como o brainstorming, sessões de criatividade, e outros, que facilita a compreensão das causas de um problema, buscando as soluções mais adequadas a cada caso.

Em teoria geral dos sistemas, um Diagrama Causal é um tipo de diagrama que mostra graficamente as entradas, processos e saídas ou outputs de um sistema (causa e efeito), com o respectivo retorno (feedback) para o subsistema de controle.

É uma das ferramentas de gestão que surgiram ao longo do Século XX no segmento Industrial, mas gradativamente foi ganhando espaço também na área de Serviços para facilitar a análise de problemas e suas soluções nas áreas de Qualidade. Foi idealizado e licenciado pelo químico Kaoru Ishikawa em 1943.

É largamente usado em reuniões de PDCA e


Voltar


Free Web Hosting